Os benefícios do aprendizado!

Recentemente li “MINDSET – A Nova Psicologia do Sucesso” que, basicamente, apresenta as diferenças entre o pensamento rígido e o que aceita as mudanças e, gostaria de compartilhar um resumo com vocês.

Aliás, foi com grata surpresa me que me deparei com esse livro tão agradável, pois vai de encontro com alguns textos já elaborados por mim.

Alfred Binet, inventor do teste de quociente de inteligência (QI), acreditava que a educação e a prática seriam capazes de produzir mudanças fundamentais na inteligência de cada pessoa.

“Segundo Binet, com a prática, o treinamento e, acima de tudo, o método, somos capazes de aperfeiçoar nossa atenção, nossa memória e nossa capacidade de julgamento, tornando-nos literalmente mais inteligentes do que éramos antes. ”

Atualmente os cientistas estão percebendo que as pessoas têm maior capacidade do que se havia imaginado para aprender e desenvolver o cérebro durante toda a vida. É claro que cada pessoa possui uma dotação genética específica e, embora as pessoas tenham diferentes temperamentos e aptidões no início de suas vidas, evidentemente a experiência, o treinamento e o esforço pessoal, conduzem-nas no restante do percurso. Robert Sternberg, o guru da inteligência na atualidade, escreveu que o principal modo de aquisição de conhecimento especializado não é alguma capacidade prévia e fixa, e sim a dedicação com objetivo.

Passamos a vida nos avaliando: Terei sucesso ou fracassarei? Serei aceito ou rejeitado? Vou me sentir um vencedor ou derrotado?

Embora as pessoas possam diferir umas das outras de muitas maneiras, em seus talentos e aptidões iniciais, interesses ou temperamentos, cada um de nós é capaz de se modificar e desenvolver por meio do esforço e da experiência.

Admin bar avatar
Marco Antônio Prado começou em 1992 na Bolsa de Valores de SP como auxiliar de pregão. Tornou-se Operador Especial (Scalper) em 2000, no mesmo ano em que começaram as negociações no mercado eletrônico. Foi um dos primeiros operadores especiais a interagir no mercado eletrônico naquela época. A maioria deles não queria se arriscar fora do pregão viva voz, porque era um ambiente de negociação totalmente diferente ao qual estavam habituados. Em 2009, quando o pregão viva voz acabou e deixou de ser simultâneo com o eletrônico, Marco já era um especialista nesta modalidade! Aos 44 anos, com mais de 24 anos de sólida experiência na área, entendeu que compartilhar todo este conhecimento seria o seu verdadeiro Propósito de Vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *